Terapia Vocal - Jorge Fernandes

Terapia Vocal – Jorge Fernandes

Sendo alguém que já lida com Terapia Vocal há cerca de 10 anos, posso dizer que não é um assunto que costume ser levado muito a sério pela maioria da população.

Enquanto as alterações da qualidade vocal ainda permitem a comunicação e estão apenas “roucos” (disfónicos) a população em geral não procura ajuda de médicos nem terapeutas, a menos que sejam profissionais da voz, um pouco mais informados.

No caso daqueles que procuram ajuda médica, os fármacos costumam ser o primeiro recurso e nem sempre há o encaminhamento para a Terapia da Fala.

Sucede que, frequentemente, recebo pessoas desesperadas porque não conseguem recuperar a voz e já com repercussões a nível comunicativo, portanto, em condições extremas!

Depois de iniciar a terapia, alguns ficam pelo caminho, assumindo a sua “alta” logo que conseguem vencer as dificuldades comunicativas, ainda que não tenham restabelecido uma qualidade vocal saudável.

Aqueles que cumprem o plano de tratamentos completo assumem um compromisso com a sua saúde vocal e valorizam o esforço do trabalho em equipa (terapeuta-doente).

Lamento dizer que os homens costumam ser os primeiros desistentes, mas é a minha realidade!

No entanto, tenho casos de pleno sucesso, como o caso do Sr. Jorge Fernandes, que iniciou terapia vocal comigo em junho deste ano (2015), e voltou hoje para reavaliação, um mês após termos terminado o processo de reabilitação vocal. Estava melhor do que nunca!

Aqui fica a imagem de um homem determinado, que acreditou, desde o primeiro dia, que iríamos conseguir alcançar o nosso objectivo e empenhou-se a 200% no seu processo de recuperação.

Que sirva de exemplo àqueles que pensam que não é possível recuperar a Sua voz!

Pin It on Pinterest